Thiago Amaral

Thiago Amaral começou a fazer teatro aos 14 anos em Porto Alegre e se formou em Artes Cênicas na Faculdade de Artes da UFRGS.

Ainda no Rio Grande do Sul, atuou na minissérie “Segredos”, veiculada no canal português RTP e nos curtas-metragens “No elevador” e “De corpo Presente”. E participou do longa-metragem “Meu tio matou um cara”, dirigido por Jorge Furtado.

Na televisão, fez parte da Oficina de Atores da Globo., em 2007. A partir de então, esteve em diversos programas da emissora, como “Casos e Acasos”, “Na Forma da Lei” e “Lara Com Z”. E nas novelas “Ciranda de Pedra” e “A Favorita”, com destaque para a minissérie “Capitu”, dirigida por Luiz Fernando Carvalho.

No teatro, Thiago dedicou-se ao musical “O Despertar da Primavera”, dirigido por Claudio Botelho e Charles Moeller, em cartaz entre 2009 e 2010.

Em 2011, fez uma participação na novela das nove da TV Globo, “Fina Estampa”. E em 2012, atuou na novela “Rebelde” como Miguel, da Rede Record e como Pepete na série “Preamar”, de Estevão Ciavatta, que foi exibida pela HBO. Em 2012 esteve na novela “Lado a Lado”, da TV Globo e em 2013 interpretou o personagem Caio, em Sangue Bom, também da Rede Globo. Já em 2015, participou da terceira temporada da série As Canalhas, do canal GNT.

Seu último trabalho foi em “Cúmplices de Um Resgate”, no SBT e atualmente está em cartaz com a peça “Branca de Neve e Zangado”, no Teatro Frei Caneca em São Paulo.